Você já ouviu falar em infraestrutura hiperconvergente? Conhece as suas vantagens e os seus benefícios? Em seguida vamos detalhar como funciona.

Hiperconvergência em TI significa um modelo de infraestrutura que unifica processamento, armazenamento, rede e software em um sistema único através da virtualização.

Portanto, a maior parte dos sistemas hiperconvergentes requerem um mínimo de três nós de hardware que podem ser expandidos através da adição de outros nós à unidade base. Um agrupamento de nós também é conhecido como cluster .

A infraestrutura hiperconvergente tem como o seu principal objetivo a redução de custos e também da complexidade do data center.

Benefícios da infraestrutura hiperconvergente

O principal benefício oferecido está em tornar uma infraestrutura complexa em algo mais simples. Porém existem outros importantes benefícios.

Custos Mais Baixos: De maneira geral os datacenters demandam altos investimentos em equipamentos de hardware e cabeamento estruturado por parte das organizações. Além disso por muitas vezes requer uma equipe de TI superdimensionada, devido a complexidade de todos os processos envolvidos.

Porém, ao trabalhar com a hiperconvergência você adota uma infraestrutura eficiente e simplificada, focada em virtualização e com recursos de software que possibilitam a execução dos mesmos processos, sendo que de uma forma muita mais eficiente e menos exigente em termos de alocação de espaço físico, hardware e rede. 

Alta Flexibilidade: Este modelo permite ao gestor de TI maior facilidade de expansão, e o melhor, sem interrupções. Os procedimentos de expansão requerem apenas servidores padrões x86, permitindo expansões de simples execução e baixo custo.

Melhoria de Desempenho: Outra grande vantagem atribuída a hiperconvergência é o ganho de desempenho. Devido a alta flexibilidade é possível aumentar cargas de trabalho em poucos minutos, gerenciar aplicativos críticos e acelerar o seu desempenho.

Um sistema hiperconvergente possui inteligência e tecnologia para distribuir a execução das tarefas de forma otimizadas no cluster.

Menor Alocação de Área Física: Através dos recursos integrados e da verticalização, a hiperconvergência pode reduzir de forma significativa não só a complexidade de toda a infraestrutura de TI de uma organização, como também reduzir os espaços físicos destinados a ela. Tudo isso devido a simplificação.

Como a hiperconvergência difere da infraestrutura convergente?

Enquanto a infraestrutura convergente está baseada em um pacote pré-configurado de software e hardware alocados em um sistema para gerenciamento. No ambiente hiperconvergente, os elementos definidos por software são implementados virtualmente, com integração ao ambiente do hipervisor.

Portanto, há mais a ganhar com a mudança para a infraestrutura hiperconvergente do que permanecendo na convergente. Além da facilidade de expansão, também é possível distribuir os dados por vários nós obtendo assim uma redundância maior.

Assim que finalizada a implantação do modelo hiperconvergente já será possível perceber a melhoria de desempenho e previsibilidade. Além de uma maior segurança de toda a estrutura em si.

Desta forma, os problemas relacionados as interrupções nos serviços e processos para modificações na estrutura de TI deixam de existir. Tudo isso devido a alta capacidade de escaneabilidade do sistema.

Além disso, os ganhos econômicos com a redução de custos serão extremamente perceptíveis.

De fato, não há dúvidas! A hiperconvergência é um largo passo em direção ao futuro e a otimização na gestão de TI.